LOCALIZAR

TRANSLATE

H.C. Voorhoeve-Jacobzoon

BIOGRAFIA CRISTÃ Nº 67: Hermanus Cornelis Voorhoeve-Jacobzoon (1837-1901), também conhecido como H. C. Voorhoeve-Jacobzoon foi um holandês Banqueiro; Editor; Escritor; Hinólogo;  Dispensacionalista; Líder Adenominacional do Movimento Irmãos Unidos, também conhecido como Irmãos de PlymouthAssembleia dos Irmãos em Portugal, Casa de Oração no Brasil, ou simplesmente, Os Irmãos.
"Eu [Jesus] Sou a videira, e vocês são os ramos. Quem está unido Comigo e Eu com ele, esse dá muito fruto porque sem Mim vocês não podem fazer nada." (João 15:5, NTLH, SBB).
"Ora, vocês são o Corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo. Assim, na igreja, Deus estabeleceu primeiramente apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois os que realizam milagres, os que têm dons de curar, os que têm dom de prestar ajuda, os que têm dons de administração e os que falam diversas línguas. São todos apóstolos? São todos profetas? São todos mestres? Têm todos dons de curar? Falam todos em línguas? Todos interpretam? / Entretanto, busquem com dedicação os melhores dons. Passo agora a mostrar-lhes um caminho ainda mais excelente." (1ª Coríntios 12:27-31, NVI, SBI).
"Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor." (1ª Coríntios 13:13, VRA, SBB).

Hermanus Cornelis Voorhoeve-Jacobzoon
Hermanus Cornelis
Voorhoeve-Jacobzoon.
(1837-1901)
Hermanus Cornelis Voorhoeve-Jacobzoon nasceu  no dia 9 de Fevereiro de 1837, na cidade de Rotterdam, atualmente a segunda maior e mais importante cidade dos Países Baixos, imprecisamente chamado de Holanda, considerando que as Holandas do Norte e do Sul constituem duas de suas doze províncias.

Os Países Baixos foram atingidos pelo Reavivamento Neerlandês, alcançando a família Voorhoeve, permitindo ao pequeno Hermanus Cornelis crescer na disciplina do Senhor.

A sua ascendência foi importante e respeitada dentre a aristocracia. Os seus pais eram mui ricos, considerando os negócios da família nos empreendimentos bancários. A família era relativamente pequena para os padrões da época, apenas sete filhos, dentre os quais, alguns casaram com filhos dos Brockhaus.

Hermanus Cornelis Voorhoeve- Jacobzoon
Hermanus Cornelis
Voorhoeve- Jacobzoon.
(1837-1901)
Durante a juventude trabalhou com os negócios da família, embora nutrisse interesses pelas matérias teológicas, no entanto, era crescente os conflitos internos acerca da carência da realidade da Vida em Cristo no seu interior, questões que obstavam os estudos teológicos.

Nos dias de escuridão da alma foi alcançado pelo Senhor e Salvador Cristo, encontrando a desejada Vida Eterna. Tal impacto foi tremendo!!! Deixou os trabalhos nos negócios da família esperando pelas diretrizes de Deus. Nessa circunstância conheceu os escritos de John Nelson Darby traduzidos para o inglês e francês, adquirindo a convicção de que os crentes não devem ser nominados nem vinculados com quaisquer organizações religiosas. Assim começou a participar das reuniões cristãs com um grupo de irmãos Adenominacionais em Rotterdam, com grande ajuda e apascentar dos escritos dos irmãos da Inglaterra.

As posturas adquiridas pelo jovem Hermanus como a proclamação do Evangelho no contexto Adenominacional incomodavam a sua família elitista, principalmente, porque a sua esposa também participava dos cultos com o "pequeno rebanho" em Rotterdam.

O jovem Hermanus Cornelis foi importante na elaboração de escritos dos Irmãos Unidos, além da ministração de conferências em vários países na Europa, estabelecendo várias igrejas locais. Também foi um valioso hinólogo. Muitas de suas obras foram importantes além da comunhão dos Irmãos, suprindo inclusive alguns grupos cristãos Denominacionais. A sua esposa foi importante auxiliadora no serviço missionário, nas visitas aos doentes e nos atos de caridade. Da união do casal nasceram doze filhos, dentre os quais, alguns foram médicos e outros pregadores do Evangelho.

Hermanus Cornelis Voorhoeve- Jacobzoon
Hermanus Cornelis
Voorhoeve- Jacobzoon.
(1837-1901)
Em 1901, a sua companheira de amor, dedicação e serviço, faleceu depois de padecer com enfermidades. Assim, o ancião Hermanus optou por viajar com o seu filho médico, para repousar o corpo cansado e descansar a alma, piorando a saúde significativamente até falecer no dia 21 de Agosto de 1901, entrando no Descanso Eterno para reencontrar a sua esposa nos braços de Cristo.

No leito de morte, proclamou diversas vezes letras de hino:
"Oh, estar ali... oh, ali estás Tu [Cristo]!";
"Bem-aventurado! Que bem-aventurado!"


FONTE:

Livro: "Os Irmãos" (Como são chamados) - Sua história e as verdades que professam.
Autor: Andrew Miller.
Editora: Depósito de Literatura Cristã - DLC. (Brasil).
Páginas: 175.

Wikipedia, a enciclopédia livre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário