LOCALIZAR

TRANSLATE

Hanserd Knollys

BIOGRAFIA CRISTÃ Nº 35: Hanserd Knollys (1599-1691) foi um inglês Separatista-Protestante; Mestre de Ensino; Capelão do Exército; Sacerdote Anglicano; Pastor Batista-Calvinista; e Teólogo Batista-Reformado. É considerado um dos notáveis Batistas-Especiais do século XVII.
"Eu [Jesus] Sou a videira, e vocês são os ramos. Quem está unido Comigo e Eu com ele, esse dá muito fruto porque sem Mim vocês não podem fazer nada." (João 15:5, NTLH, SBB).
"Ora, vocês são o Corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo. Assim, na igreja, Deus estabeleceu primeiramente apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois os que realizam milagres, os que têm dons de curar, os que têm dom de prestar ajuda, os que têm dons de administração e os que falam diversas línguas. São todos apóstolos? São todos profetas? São todos mestres? Têm todos dons de curar? Falam todos em línguas? Todos interpretam? / Entretanto, busquem com dedicação os melhores dons. Passo agora a mostrar-lhes um caminho ainda mais excelente." (1ª Coríntios 12:27-31, NVI, SBI).
"Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor." (1ª Coríntios 13:13, VRA, SBB).

Hanserd Knollys
Hanserd Knollys.
(1599-1691)
Hanserd Knollys nasceu aproximadamente entre os anos de 1598-1599, na aldeia de Cawkwell, na cidade de Louth, no Condado de Lincolnshire, na Inglaterra.

Seus pais valorizavam o ensino religioso e acadêmico. Knollys estudou no St Catharine's College, faculdade constituinte da University of Cambridge, e adquiriu formação de mestre de ensino primário.

Knollys, seguindo a sua vocação para o ensino, fundou um colégio interno, depois foi eleito para o magistério em uma escola na cidade de Londres, na Inglaterra. Também estudou para a capelânia do exército, mas desistiu da carreira, pois mantinha insatisfações com os comandantes.

Hanserd Knollys estudou diligentemente o hebraico, o grego e o latim, além da gramática inglesa. Durante os seus estudos, aproveitava as oportunidades para conhecer e meditar sobre a Bíblia. Lia muitos livros clássicos do Cristianismo, mas estreitou afinidades com os escritos dos Puritanos.

Assumiu funções sacerdotais na Igreja Anglicana [Igreja Episcopal], administrando várias igrejas e ministrando diversos sermões durante três anos até que renunciou às liturgias Anglicanas, mas continuou exercendo sua vocação de pastor desvinculado do Anglicanismo.

Hanserd Knollys foi muito influenciado pelo Movimento Separatista na Inglaterra. Suas convicções foram alvo de perseguições pelo Estado e pela Igreja Estatal [Anglicana], motivando sua imigração e permanência na Nova Inglaterra, nos Estados Unidos, durante cinco anos. Ele foi acusado de ministrar pregações contrárias à Lei de Deus, suas economias foram esgotadas e foi obrigado a trabalhar nos serviços pesados existentes na vida campestre. Foi apedrejado e sofreu julgamentos em sessões privadas. Posteriormente, foi autorizado o seu regresso ao Reino Unido. Nesse período conheceu e manteve comunhão com vários Anabatistas, ministrando encorajamento e consolação dentre as perseguições.

A expressão Anabatista significa re-batizadores, porque desconsideravam o batismo infantil ocorrido no Catolicismo e batizavam novamente os adultos, pois criam que o Batismo é a demonstração daquilo que ocorreu no interior da pessoa que confessou Jesus Cristo como Senhor e Salvador, desta forma, seguindo a lógica, os nenéns seriam impossibilitados de expressar quaisquer convicções cristãs.

Hanserd Knollys
Hanserd Knollys.
(1599-1691)
Hanserd Knollys exerceu liderança entre os Batistas, assim como Benjamin KeachWilliam KiffinIsaac BackusBenjamin CoxeNehemiah CoxeAndrew Fuller, dentre outros. Os Batistas da Inglaterra descendem dos Batistas-Particulares que acreditavam na expiação particular, ou seja, Jesus Cristo salvou os indivíduos particulares [eleitos], declaração do posicionamento Calvinista. Os Batistas-Calvinistas também eram chamados de Batistas-Especiais.

Hanserd Knollys aproveitava todas as oportunidades para ministrar as Boas Novas de Cristo, pregando em templos e nos cortejos fúnebres.

Hanserd foi desafiado pelo Diabo em muitas ocasiões do seu ministério. Ele escreveu que sua fé foi testada e enfrentou o inimigo através das Escrituras Sagradas. Assim sucederam os fatos: Uma senhora estava gravemente enferma, desenganada pela medicina de sua época. Knollys aproximou da cabeceira da cama, onde estava a moribunda e disse que oraria ao Senhor Deus para poupar a sua vida. Dúvidas e temores lançados por Satanás estavam presentes nos corações dos familiares. Hanserd Knollys orou para o cumprimento da Vontade de Deus. Depois de 1 hora, aquela senhora deixou sua condição de moribunda, levantou e declarou sua total recuperação e retorno de sua saúde. Deus foi glorificado e todos ficaram felizes. Desde a vivência desse momento, Hanserd nunca duvidou da eficácia da Bíblia.

Em 1670, Hanserd Knollys sofreu severas dores em suas entranhas e quase morreu. Nessa ocasião, seguiram a orientação bíblica em Tiago 5:14-15, os pastores William Kiffin e Powell Vavosor, líderes Batistas, oraram por sua vida e ungiram seu abdômen com azeite. Knollys foi curado e Deus concedeu mais 21 anos de vida que foram inteiramente dedicados para o serviço cristão.

Em 1689, o pastor Benjamin Keach, líder Batista-Reformado, ficou seriamente doente. Hanserd Knollys orou fervorosamente por sua recuperação, rogando para Deus que concedesse mais 15 anos de vida para Keach, como relatam os textos bíblicos sobre Ezequias. Terminada a oração disse para Benjamin Keach: "eu vou para as moradas eternas antes de você". Knollys faleceu dois anos depois desse episódio e Benjamin viveu mais 15 anos, conforme fora orado.

Hanserd Knollys
Hanserd Knollys.
(1599-1691)
O ancião, Knollys, sentia os efeitos da idade avançada, mas com a energia de um jovem aplicou todos os esforços para consolidar os Batistas. Pregava várias vezes aos Domingos, expondo as Escrituras e edificando os salvos.

Hanserd Knollys descrevia os deveres do presbiterato com diligência bíblica:

"O ofício de um Pastor, Bispo [=Presbítero ou Ancião], na Igreja de Deus, consiste em supervisionar, ser responsável e cuidar das almas que o Senhor Jesus lhe confiou; alimentar o rebanho de Deus; velar pelas almas do rebanho, orientá-las, guiá-las e governá-las... de acordo com as leis, estatutos e ordenanças do Evangelho".

Ele foi pastor de uma das maiores congregações Batistas-Calvinistas na Inglaterra. Durante as décadas de 1640 e 1650, milhares de pessoas compareciam aos cultos. Os seus escritos centralizavam a Pessoa de Cristo na vida dos cristãos.

Defendia os princípios Batistas inspirados nas Escrituras, combatendo os argumentos dos "Seekers", movimento de evangelização e adoração que declara a existência da Igreja para o benefício dos incrédulos, geralmente adotando o slogan "nós existimos para servir você". A problemática consiste na retirada da Centralidade e Senhorio de Cristo para depositar a Centralidade no Homem, cultivando o Clientelismo Cristão, ou seja, pessoas que frequentam grupos cristãos para satisfação de suas concupiscências e vaidades, sem compromisso com o Evangelho e com o Senhorio de Jesus Cristo.

Deus permitiu que o Seu servo vivesse até a consumação da liberdade religiosa para os grupos cristãos desvinculados da religião estatal. Nessas circunstâncias, os Batistas promoveram a Confissão de Fé Batista de 1689, alcançaram projeção nacional e expandiram suas convicções para outros países.

No dia 19 de Setembro de 1691, aos 93 anos, faleceu o Batista, pastor e teólogo, Hanserd Knollys. O sermão fúnebre foi ministrado pelo Batista-Reformado, pastor Thomas Harrison.


FONTE:

Livro: Quem foram os Puritanos? ...e o que eles ensinaram?
Autor: Erroll Hulse.
Editora: Publicações Evangélicas Selecionadas - PES. (Brasil).
Páginas: 264.


2 comentários:

  1. Hanserd Knollys aproveitava todas as oportunidades para ministrar as Boas Novas de Cristo, pregando em templos e nos cortejos fúnebres.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que todos nós sejamos inspirados por tal testemunho, aproveitando todas as oportunidades para expressarmos Cristo. Graça e Paz!!!

      Excluir