LOCALIZAR

TRANSLATE

Alfred Daniel Williams King

BIOGRAFIA CRISTÃ Nº 37: Alfred Daniel Williams King (1930-1969), também conhecido como A.D. King ou Daniel King, foi um estadunidense Congregacionalista; Pastor Batista; Ativista; e Líder do Movimento dos Direitos Civis Americanos. Auxiliou o seu irmão, Martin Luther King Jr., na defesa e promoção dos Direitos Civis dos Negros nos Estados Unidos.
"Eu [Jesus] Sou a videira, e vocês são os ramos. Quem está unido Comigo e Eu com ele, esse dá muito fruto porque sem Mim vocês não podem fazer nada." (João 15:5, NTLH, SBB).
"Ora, vocês são o Corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo. Assim, na igreja, Deus estabeleceu primeiramente apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois os que realizam milagres, os que têm dons de curar, os que têm dom de prestar ajuda, os que têm dons de administração e os que falam diversas línguas. São todos apóstolos? São todos profetas? São todos mestres? Têm todos dons de curar? Falam todos em línguas? Todos interpretam? / Entretanto, busquem com dedicação os melhores dons. Passo agora a mostrar-lhes um caminho ainda mais excelente." (1ª Coríntios 12:27-31, NVI, SBI).
"Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor." (1ª Coríntios 13:13, VRA, SBB).

Alfred Daniel Williams King
Alfred Daniel Williams King.
(1930-1969)
Alfred Daniel Williams King nasceu no dia 30 de Julho de 1930 em Atlanta, na Geórgia, nos Estados Unidos.

Seus pais, Sr. Martin Luther King e Sra. Alberta Williams King, eram Protestantes e professavam as convicções Batistas. O Sr. King foi pioneiro do Movimento dos Direitos Civis nos Estados Unidos. Também foi missionário e pastor Batista.

Daniel King e seus irmãos, Martin Luther King Júnior e Willie Christine King, foram muito influenciados pela educação Protestante-Batista e pelos ideais do Movimento dos Direitos Civis.

O seu pai foi chefe da NAACP - National Association for the Advancement of Colored People [Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor], uma das mais antigas e influentes instituições favoráveis aos direitos civis das minorias, principalmente dos negros nos Estados Unidos. Foi inaugurada em 1909 por diversos ativistas conhecidos como The Call [A Chamada] que lutavam pelos direitos de afro-americanos. O grupo era composto por negros intelectualizados e brancos simpatizantes do movimento. Iniciaram as atividades durante a comemoração do centenário do aniversário de Abraham Lincoln.


Alfred Daniel Williams King
Esquerda em pé: Alberta Williams King (Mãe); Martin Luther King (Pai); Jennie Williams (Avó).
Esquerda - Sentados: Daniel KingWillie Christine (Irmã); Martin Luther King Jr. (Irmão).

Daniel King não demonstrava vocação para os estudos e para a vida acadêmica, no entanto, o seu temperamento forte foi ideal para as lutas sociais.

Em 1950 casou com a Sra. Naomi Ruth Barber e nasceram dessa união cinco filhos.

A.D. King demonstrava resistências aos serviços ministeriais exercidos pelo seu pai, Sr. Martin Luther King, contudo, começou a colaborar nos serviços cristãos existentes na Ebenezer Baptist Church.

Em 1959, depois da conclusão dos seus estudos no Morehouse College, ingressou e foi ordenado pastor na Primeira Igreja Batista na cidade de Newnan, na Geórgia.

Daniel King e Martin Luther King Jr. foram presos durante um manifesto em Atlanta no ano de 1960. A.D. King assumiu a liderança da campanha de defesa dos direitos civis na cidade de Birmingham, no Condado de Jefferson Country, no Estado do Alabama, Estados Unidos. Durante esse período, em 1963, assumiu os serviços eclesiásticos na Primeira Igreja Batista no bairro Ensley, em Birmingham.

Alfred Daniel Williams King
Alfred Daniel Williams King.
(1930-1969)
A sua postura enérgica e favorável aos direitos civis dos negros provocou desconforto em vários segmentos. No dia 11 de Maio de 1963, a sua casa foi bombardeada, mas a sua reação foi pacífica. Ele dizia:

"Meus amigos, já enfrentamos muitos problemas. Se você for matar alguém ou quiser me matar! Eu peço, por favor, não faça isso! Lute pelos seus direitos sem violência".

Alfred Daniel King nunca permitiu que os princípios cristãos fossem perdidos durante as manifestações, assim sempre apregoava a paz e a igualdade. A distância do centro das atenções do poder midiático esconderam suas atividades, dessa forma, muitos cidadãos desconheciam sua enérgica participação para a defesa dos direitos civis.

A intolerância racial associada às perseguições de diversos segmentos da sociedade afetaram a sua saúde, provocando uma intensa depressão.

Alfred Daniel Williams King
Alfred Daniel Williams King.
(1930-1969)
A família King vivenciava uma bonita união fraterna. Durante um momento de descontração, os irmãos King (Daniel e Martin) estavam brincando de guerra de travesseiros, da mesma forma que faziam na infância. Quando terminaram, começaram a rir manifestando a alegria daquele instante. Pouco tempo depois dessa brincadeira, Martin Luther King Jr. foi assassinado.

Depois da morte do seu irmão, Daniel King focalizou suas energias para o ministério cristão. Muitas pessoas quiseram que ele assumisse a presidência da Southern Christian Leadership Conference - SCLC [Conferência de Liderança Cristã do Sul] - Organização Afro-Americana de Direitos Civis, mas declinou dessa possibilidade.

Depois desses acontecimentos, voltou para a Igreja Batista Ebenezer, assumindo em 1968 a função de co-pastor. Os fiéis e sua família descreviam o pastorado de Daniel King como capaz, preocupado e amoroso.

A.D. King apreciava o sermão "Paz seja convosco". Ficava maravilhado com a paz e a tranquilidade concedidas por Cristo durante as tempestades na jornada cristã.

Destinou tempo e esforços para os trabalhos cristãos com a juventude e com as crianças, introduzindo o ministério na televisão para promover as mensagens cristãs apregoadas por sua igreja.

Alfred Daniel King também foi excelente nadador. Seu empenho na natação durante os tempos de faculdade e nas competições amadoras foi recompensado com muitas medalhas.

No dia 21 de Julho de 1969, antes do aniversário de 39 anos, Daniel King foi encontrado morto na piscina de sua casa. Na época, a morte foi considerada acidental. O seu pai, Sr. King, indagou o motivo da morte, considerando que o seu filho era exímio nadador. "Por que ele se afogou? Eu não sei! Eu não sei e nunca vou saber o que realmente aconteceu". A sua esposa, Naomi King, declarou: "Não tenho nenhuma dúvida que o sistema assassinou o meu marido".

Alfred Daniel Williams King
Sra. Alberta King e Sr. Martin Luther King.
A família King foi vitimada pelos confrontos de interesses. Martin Luther King Jr. foi assassinado em 1968. Um ano depois, Daniel King, excelente nadador, foi encontrado morto na sua piscina. A Sra. Alberta King, mãe de Daniel e Martin, foi baleada em 1974.

Quando o homicida da Sra. Alberta King foi questionado sobre os motivos do assassinato, ele respondeu: "Odeio cristãos! São meus inimigos!".


Nenhum comentário:

Postar um comentário