LOCALIZAR

TRANSLATE

Evan Roberts

BIOGRAFIA CRISTÃ Nº 29: Evan Roberts (1878-1951) foi um galês Evangelista; Avivalista; e Líder do Avivamento do País de Gales. É reconhecido como o instigador do Movimento Pentecostal. Depois de alguns anos, concentrou o seu ministério no desenvolvimento da Vida de Oração e da Vida Interior, durante essa fase do seu ministério ajudou a Sra. Jessie Penn-Lewis na escrita do clássico de batalha espiritual "Guerra contra os Santos".
"Eu [Jesus] Sou a videira, e vocês são os ramos. Quem está unido Comigo e Eu com ele, esse dá muito fruto porque sem Mim vocês não podem fazer nada." (João 15:5, NTLH, SBB).
"Ora, vocês são o Corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo. Assim, na igreja, Deus estabeleceu primeiramente apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois os que realizam milagres, os que têm dons de curar, os que têm dom de prestar ajuda, os que têm dons de administração e os que falam diversas línguas. São todos apóstolos? São todos profetas? São todos mestres? Têm todos dons de curar? Falam todos em línguas? Todos interpretam? / Entretanto, busquem com dedicação os melhores dons. Passo agora a mostrar-lhes um caminho ainda mais excelente." (1ª Coríntios 12:27-31, NVI, SBI).
"Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor." (1ª Coríntios 13:13, VRA, SBB).

Evan Roberts
Evan Roberts.
(1878-1951)
Evan Roberts nasceu na cidade de Loughor, no Condado de Swansea, no País de Gales.

Seus pais professavam a fé Metodista-Calvinista. Durante sua infância foi incentivado e educado com as Escrituras Sagradas. Era um menino muito sério e sempre decorava os versículos da Bíblia.

Ainda na adolescência, começou a trabalhar arduamente nas minas de carvão para ajudar a sua família. Permaneceu nesse difícil serviço durante 12 anos e toda a sua adolescência foi gasta dentre os carvões e também foi aprendiz de ferreiro.

Posteriormente, com 26 anos de idade, estudou para o ministério cristão na cidade de Newcastle Emlyn, no oeste do País de Gales, também foi estagiário de gramática.

Sua seriedade manifestada desde a infância juntamente com o desejo pelas Escrituras, proporcionaram várias oportunidades para o ensino na Escola Dominical e para ministrar pequenas reuniões cristãs em 1904. Suas pregações avivalistas cativaram muitas pessoas e milhares compareceram para as reuniões. Evan Roberts com outros irmãos realizaram muitas viagens avivalistas em todo o País de Gales.

Evan Roberts era um jovem que foi encorajado através dos testemunhos e biografias acerca de  homens como Christmas Evans e João Elias.

Christmas Evans
Christmas Evans.
(1766-1838)
Christmas Evans foi um ministro galês dissidente, considerado um dos maiores pregadores na história do País de Gales.

Apesar das suas desvantagens e desfiguração [perdeu um olho durante uma briga na juventude], Christmas Evans foi um pregador vigoroso e suas mensagens eram poderosas. Seu caráter era simples, sua mente era muito ágil, seu espírito questionador e sua fé era fervorosa. Também era chamado de "O Bunyan [John Bunyan] de Gales".

João Elias (1774-1841) foi um pregador atuante no País de Gales no século XIX durante o Avivamento Metodista. Suas pregações eram poderosas e multidões compareciam. Não existiam programas de televisão, entretanto, 10.000 pessoas compareciam aos cultos.

No Brasil, os líderes evangélicos dividem forças e disputam horários televisivos. Milhões de Reais [moeda do Brasil] são gastos em programas televisivos, provocando inflacionamento dos preços para os programas cristãos evangélicos ou protestantes. No entanto, apesar dessa disputa pelos horários televisivos, curiosamente, o grupo cristão que mais cresceu não é expressivo na Mídia Nacional. Nota do Blog.

João Elias foi caracterizado por sua franqueza, suas mensagens eram conservadoras e contrárias ao movimento Não-conformista que declarava que "a voz do povo é a voz de Deus".

Quando faleceu, um clérigo da Inglaterra escreveu: "Hoje, 15 de junho, foi enterrado o maior pregador no País de Gales, e, talvez, o maior no Reino. Que o Senhor tenha misericórdia de Sua igreja e a favoreça novamente com um ministro como João Elias.". Aproximadamente, 10.000 pessoas compareceram ao seu funeral.

Avivamento Cristão
Avivamento Cristão.
O Avivamento Galês não foi planejado, não foi patrocinado e não foi divulgado pelos crentes, pelo contrário, o impacto espiritual do avivamento foi intenso e atraiu a atenção da mídia que divulgou aquele "estranho" acontecimento.

Esse avivamento foi eficiente em todas as áreas da sociedade e setores da civilização galesa. David Lloyd George (1863-1945), Estadista britânico, Membro do Partido Liberal e Primeiro-Ministro do Reino Unido também foi impactado pelo avivamento conduzido por Evan Roberts, inclusive, declarou que o movimento parecia um terremoto poderoso na vida dos cidadãos e no epicentro estava o Sr. Roberts.

Evan Roberts enfatizava quatro temas:

  1. Confessar todos os pecados conhecidos para receber o perdão através de Jesus Cristo;
  2. Remover da sua vida quaisquer coisas "duvidosas" e "inseguras" à luz da Bíblia;
  3. Obediência imediata ao Espírito Santo;
  4. Confissão pública e aceitação do senhorio de Jesus Cristo.

O Welsh Revival (Avivamento Galês), 1904-1905, foi um avivamento cristão de projeções maravilhosas no País de Gales no século XX. Seus efeitos foram impactantes sobre a população galesa e suas influências alcançaram diversos países na Europa, América do Norte, África e América Latina. Os locais de reuniões cristãs ficaram cheios durante várias décadas. O Avivamento do País de Gales exerceu forte influência sobre o surgimento do Movimento Pentecostal iniciado em 1900 nos Estados Unidos.

Evan Roberts
Evan Roberts.
(1878-1951)
Evan Roberts não era ministro nem pregador ordenado, era apenas um Metodista-Calvinista proclamando a Palavra de Deus. As reuniões eram fundamentadas nas orações, reflexões e testemunhos. Algumas reuniões duravam até 10 horas, terminando com o raiar do sol no dia seguinte.

O país foi totalmente afetado, os salões de músicas e as praças de esportes foram esvaziados. As pessoas estavam desejosas pelos hinos e orações. Esse reavivamento (1904-1906) foi prevalecente a tal ponto que se alguém desejasse pregar o evangelho, poderia quase que não encontrar ninguém que ainda não tivesse sido salvo lá... Witness Lee.

O alcoolismo desapareceu das famílias. Boates, bares e teatros foram fechados por ausência de clientela. A participação político-partidária diminuiu drasticamente. Muitas pessoas foram cativadas para o reino de Deus. Capelas foram preenchidas. Orações e louvores estavam presentes nos lares dos galeses. Nas ruas, muitas pessoas cantavam hinos.

O reavivamento galês foi acompanhado da ascensão do movimento operário, do socialismo e do descontentamento da população com a religiosidade da época, principalmente, entre os jovens. Assim, o Avivamento Galês foi um clímax do inconformismo e da esperança de mudança da vida dos galeses.

O Avivamento no País de Gales foi peculiar. Geralmente os avivamentos saudáveis são fundamentados nas exposições bíblicas e na vida de oração, no entanto, o Avivamento Galês foi praticamente seguido de músicas e busca exagerada por sinais espirituais, o que oportunizou a inclusão de "fermento na boa massa de trigo" e "janelas foram abertas para o engano" - 2ª Coríntios 11:14-15a, NVI: "Isto não é de admirar, pois o próprio Satanás se disfarça de anjo de luz. Portanto, não é surpresa que os seus servos finjam que são servos da justiça.".

Espíritos Enganadores
Espíritos Enganadores.
Muitos pessoas foram beneficiadas pelo mover de Deus durante o Avivamento Galês. A obra do Espírito Santo era evidente e o Senhorio de Cristo estava presente. Todavia, muitos deixaram de discernir os espíritos - I João 4:1a, NVI: "Amados, não creiam em qualquer espírito, mas examinem os espíritos para ver se eles procedem de Deus". Os crentes aceitavam toda manifestação sobrenatural como procedente de Deus e assim o astuto Diabo encontrou brechas espirituais em muitos cristãos e sucedeu a operação do engano.

Evan Roberts sofreu um colapso emocional e ficou em profunda depressão. Desapareceu e ficou recluso durante 20 anos. O colapso nervoso findou sua carreira como líder avivalista.

Enquanto precisava da ajuda dos outros cristãos atuantes no Avivamento Galês, foi acusado de abandonar a condução do avivamento. Seu ministério foi cortado e sua pessoa ficou restrita e escanteada. Nessa difícil fase de sua vida, Evan Roberts começou a exercitar o Ministério de Oração. Orou por seu restabelecimento de saúde e pela intervenção de Deus no avivamento para afugentar o engano de Satanás recebido por muitos crentes como obra do Espírito Santo.

Enquanto exercitava o Ministério de Oração, conheceu e foi acolhido pelo casal Penn-Lewis. A característica desse casal era a espiritualidade cristã, a centralidade de Cristo e a aplicação da cruz no viver humano. Eram pessoas que valorizavam o fruto do Espírito (Gálatas 5:22-25) decorrente do desenvolvimento de uma Vida Interior saudável em Jesus Cristo.

Jessie Penn-Lewis
Jessie Penn-Lewis.
(1851-1927)
Evan Roberts permaneceu com esse casal durante 8 anos. Nesse período, Roberts compartilhou todas as suas experiências do mundo espiritual presenciadas nos avivamentos. Também, recebeu muita ajuda da Sra. Jessie Penn-Lewis.

Jessie Penn-Lewis é conhecida por seu Ministério de Cruz [Lucas 9:23-25, NVIJesus dizia a todos: "Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá; mas quem perder a sua vida por minha causa, este a salvará. Pois que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro, e perder-se ou destruir a si mesmo? (...)".]. O ministério de Penn-Lewis influenciou muitos líderes, por exemplo, T. Austin-SparksWatchman Nee e Witness Lee.

Penn-Lewis foi fortemente influenciada pelo reformista sul-africano Andrew Murray (1828-1917). Eles foram muito importantes para a propagação do Movimento da Vida Interior.

Evan Roberts foi aperfeiçoado no seu ministério de oração e no desenvolvimento da vida interior através da Sra. Jessie Penn-Lewis. Depois de muita comunhão e compartilhar de experiências cristãs, juntos produziram o clássico de batalha espiritual "Guerra contra os Santos". Roberts expôs todas as atividades de Satanás constatadas durante o Avivamento Galês que não foi discernida pelos crentes e obreiros cristãos.

Curiosamente, o País de Gales que foi considerado um dos países mais fervorosos no início do século XX, atualmente é caracterizado pela incredulidade, ceticismo e ateísmo.

O livro "Guerra contra os Santos" trouxe um assunto polêmico que não era conversado nos círculos cristãos - O autêntico cristão pode ser enganado? As experiências avivalistas de Evan Roberts somadas com as riquezas espirituais do ministério de Penn-Lewis demonstram que é possível o crente ser enganado, principalmente quando fica passivo diante das manifestações sobrenaturais.

Os escritos da Sra. Penn-Lewis versavam totalmente sobre a morte subjetiva de Cristo. (...). A Sra. Penn-Lewis se associou com o líder do reavivamento do País de Gales, Evan Roberts. (...). A Sra. Penn-Lewis considerava que as práticas do Pentecostalismo ligadas com o poder latente da alma eram relacionadas com os demônios [para Penn-Lewis a manifestação do Espírito Santo é coerente com a Bíblia]. (...). Um dos presbíteros em Taiwan, antes de ser salvo, era um dos maiores especialistas em praticar o poder latente da alma. Enquanto permanecia numa cidade, ele era capaz de, pelo poder latente da alma, visitar outra cidade. Também tinha visões sobrenaturais. Ele nos relatou em detalhes muitas de suas experiências. / William LawAndrew Murray, Sra. Penn-Lewis e T. Austin-Sparks experimentaram o Senhor e se tornaram os mais proeminentes no Movimento da Vida Interior. Witness Lee.

Martinho Lutero
Martinho Lutero.
(1483-1546)
Qualquer ensinamento que não se enquadre nas Escrituras deve ser rejeitado, mesmo que faça chover milagres todos os dias. / É um milagre a maneira pela qual Deus tem preservado Seu livro [Bíblia] durante tanto tempo! Como é bom e glorioso ter a Palavra de Deus! Martinho Lutero
Suas orações foram profundas. Depois dessas orações, ele [Evan Roberts] não se envolveu em qualquer obra cristã pública durante sete ou oito anos. Quando um irmão o encontrou, perguntou: 'O que você tem feito todos esses anos?' Ele respondeu com uma frase curta: 'Eu tenho orado a oração do reino'. Somente a eternidade revelará o valor deste ministério de oração. Watchman Nee.
Antes [de Evan Roberts], ninguém sabia nada sobre a guerra espiritual, de que fala Efésios 6. Watchman Nee.

Evan Roberts não deve ser lembrado apenas como um vaso do Senhor usado para o Avivamento no País de Gales. Não! Deve ser lembrado como um obreiro de Deus que foi curado da depressão e colapso nervoso.

Evan Roberts
Evan Roberts.
(1878-1951)
Deve ser recordado como um servo que foi humilde para a revisão de conceitos e compartilhou preciosas experiências sobre a guerra espiritual e manifestou profunda maturidade para fazer orações elevadas, não pequenas petições ou intercessões, mas uma oração de prevalência e de súplicas pelo Reino de Deus. Oração que buscava colaborar com a manifestação do Reino dos Céus (Apocalipse 20:6).

Qual foi o segredo do seu ministério? Existem várias respostas! Educação cristã, leitura da Bíblia, vida de oração, revisão de posicionamento, arrependimento, desenvolvimento da Vida Interior e devoção.

Faleceu em 1951, com 73 anos, para desfrutar da presença d'Aquele [Jesus Cristo] que é o Autor da Fé, da Vida de Oração, da Vida Interior e de todo genuíno e puro Avivamento.


FONTE:

Livro: Guerra contra os Santos.
Tomo I, Versão Integral.
Série: Alimento Sólido.
Autores: Jessie Penn-Lewis e Evan Roberts.
Editora: Dos Clássicos. (Brasil).
Páginas: 251.

Livro: Guerra contra os Santos.
Tomo II, Versão Integral.
Série: Alimento Sólido.
Autores: Jessie Penn-Lewis e Evan Roberts.
Editora: Dos Clássicos. (Brasil).
Páginas: 210.

Livro: O Poder Latente da Alma.
Série: Alimento Sólido.
Autor: Watchman Nee.
Editora: Dos Clássicos. (Brasil).
Páginas: 168.

BBC Home http://www.bbc.co.uk/wales/southwest/halloffame/public_life/evanroberts.shtml.

Welsh Revival - Evan Roberts http://www.welshrevival.com/lang-en/1904evanroberts.htm.

Um comentário:

  1. Irmão gostaria de lhe fazer uma sugestão se me permite. O fundo de tela com as folhas é lindo, porém dificulta bastante a leitura dos textos.

    ResponderExcluir