LOCALIZAR

TRANSLATE

William Brockhaus

BIOGRAFIA CRISTÃ Nº 11: Peter Friedrich Wilhelm Brockhaus (1819-1888), também conhecido como William Brockhaus, foi um alemão Escritor Dispensacionalista; Hinólogo; e Evangelista Adenominacional pertencente ao Movimento Irmãos Unidos, também conhecido como Irmãos de Plymouth, Assembleia dos Irmãos em Portugal, Casa de Oração no Brasil, ou simplesmente Os Irmãos.
"Eu [Jesus] Sou a videira, e vocês são os ramos. Quem está unido Comigo e Eu com ele, esse dá muito fruto porque sem Mim vocês não podem fazer nada." (João 15:5, NTLH, SBB).
"Ora, vocês são o Corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo. Assim, na igreja, Deus estabeleceu primeiramente apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois os que realizam milagres, os que têm dons de curar, os que têm dom de prestar ajuda, os que têm dons de administração e os que falam diversas línguas. São todos apóstolos? São todos profetas? São todos mestres? Têm todos dons de curar? Falam todos em línguas? Todos interpretam? / Entretanto, busquem com dedicação os melhores dons. Passo agora a mostrar-lhes um caminho ainda mais excelente." (1ª Coríntios 12:27-31, NVI, SBI).
"Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor." (1ª Coríntios 13:13, VRA, SBB).

William Brockhaus
William Brockhaus.
(1819-1888)
William Brockhaus é o irmão mais velho de Carl Brockhaus e tio de Rudolf Brockhaus. Nasceu no dia 30 de Agosto de 1819, em Himmelmert perto de Plettenberg - lugar em que a família morava por mais de 150 anos.

Assim como o pai, William Brockhaus seria professor. Terminado o seu período escolar, ingressou no seminário para professores em Soest durante os anos de 1836-1838, mesmo lugar em que seu irmão Carl Brockhaus estudou.

Lecionou pela primeira vez em Epscheid perto de Breckerfeld no ano de 1838. Em 1842 lecionou na escola de Rüggeberg e durante esse período residiu em Dorn-Dürkheim.

Dorn-Dürkheim na Alemanha
Brasão de Dorn-Dürkheim, Alemanha.
Na cidade de Dorn-Dürkheim, William Brockhaus alcançou a fé em Jesus Cristo e recebeu entendimento acerca da salvação em Cristo. Desde então, o seu caminho foi aproximado do caminho de seu irmão Carl Brockhaus que já era convertido e surgiu uma boa união para a obra de Deus, assim como vemos nos textos sagrados relatando ótimas parcerias para a causa do Senhor como: Paulo e Barnabé, Priscila e Áquila, dentre outros exemplos.

William Brockhaus casou com Wilhelmine Escher da aldeia de Glörfeld, na Alemanha. Desta união matrimonial, nasceram sete filhos.

Assim como o seu irmão Carl Brockhaus, ele ingressou no "Evangelischer Brüderverein" (Associação Evangélica de Irmãos). Em 1850, aceitou o encargo transmitido pelo seu irmão referente à edição da revista para jovens "Der Kinderbote" (O Mensageiro para Crianças), permanecendo com essa responsabilidade até a sua morte em 1888. Através do seu labor, a revista foi a mais lida nesse gênero no oeste da Alemanha.

Em 1854, atendendo ao chamado divino, desistiu completamente de sua profissão de professor para destinar dedicação completa na obra de seu Senhor e Salvador.

Elberfeld na Alemanha
Cidade de Elberfeld, Alemanha.
No ano de 1866, mudou sua residência para a cidade de Elberfeld.

Ficou conhecido como editor das história publicadas  na revista "Saat und Ernte" (Semeadura e Colheita), cujos 18 volumes apareceram também na editora "Elberfeld Erziehungssverein" (Associação para Educação Elberfeld).

Quando escrevia artigos, evitava colocar seu nome inteiro, limitando apenas a assinar "W.B.". Alguns dos seus livros foram reeditados diversas vezes, inclusive, alguns foram traduzidos para outros idiomas. Ele era um erudito, principalmente sobre a História da Religião.

Todos os seus escritos objetivavam conduzir o leitor para uma decisão clara sobre Jesus Cristo. Sempre mostrou para as crianças o melhor amigo delas: Jesus Cristo. Muitos devem para esse autor da juventude estímulos saudáveis para a eternidade e ao amor existente para com o Senhor Jesus.

No mês de Dezembro de 1852, William Brockhaus, bem como outros amigos e irmãos em Cristo, saíram da Associação Evangélica de Irmãos, inclusive, seu irmão Carl Brockhaus já tinha tomado essa decisão antes.

Sempre esteve ao lado de seu irmão Carl para o anúncio do evangelho no movimento dos "Irmãos Unidos". Era um pregador dotado de despertamento, que complementava de maneira ideal o Sr. Carl Brockhaus. Como já dissemos é uma daquelas maravilhosas parcerias para o Reino de Cristo.

Também foi autor de vários hinos existentes na coletânea "Kleine Sammlung Geistlicher Lieder" (Pequena Coletânea de Hinos Espirituais), conhecido hoje como "Geistlicher Lieder" (Hinos Espirituais). Foi compositor musical de muitos hinos de autoria de Carl Brockhaus.

William Brockhaus faleceu no dia 31/10/1888 na casa de seu genro em Duisburg.

O hino escolhido para findar o relato de sua vida sob nº 118 de "Kleine Sammlung Geistlicher Lieder", também conhecido no hinário português "Hinos Espirituais" sob nº 83, é de sua autoria e composição.

Oh Que gozo, quando Cristo voltar,
a trombeta vai soar;
os sinais da Tua vinda
nos animam a esperar.
"Ora, vem, Senhor Jesus!"
Teu regresso prometido
para o lar no céu conduz.

Quando aqui desceste outrora,
ao nasceres em Belém,
anjos disseram aos pastores
quanto aos homens Deus quer bem.
Nesta Terra Tu sofreste
toda a oposição mordaz
e, morrendo, nos livraste
dos grilhões de Satanás.

Mas Tu vives e Tu voltarás
para a Noiva arrebatar;
o inimigo para sempre,
preso em trevas vai ficar.
Sim, Tu vens, oh alegria!
Não mais para aqui penar,
mas com o Teu povo eleito
reino e glória partilhar.

Oh! Que gozo estar contigo,
nessa glória perenal.
Rodear Teu trono sempre,
Sem angústia, medo e sofrer!
Habitar no Lar Paterno,
no sublime gozo Teu,
ao Teu lado ali em tronos,
não mais tem Satã poder.


FONTE:

Livro: "Os Irmãos" (Como são chamados) - Sua história e as verdades que professam.
Autor: Andrew Miller.
Editora: Depósito de Literatura Cristã - DLC. (Brasil).
Páginas: 175.

Wikipédia, a enciclopédia livre.

http://www.johndarby.org/.

http://www.plymouthbrethren.org/.

Nenhum comentário:

Postar um comentário