LOCALIZAR

TRANSLATE

John Charles Ryle

BIOGRAFIA CRISTÃ Nº 15: John Charles Ryle (1816-1900), também conhecido como Bispo Ryle ou J.C. Ryle, foi um britânico Episcopal; Escritor; Apologista; e primeiro Bispo da Igreja da Inglaterra em Liverpool.
"Eu [Jesus] Sou a videira, e vocês são os ramos. Quem está unido Comigo e Eu com ele, esse dá muito fruto porque sem Mim vocês não podem fazer nada." (João 15:5, NTLH, SBB).
"Ora, vocês são o Corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo. Assim, na igreja, Deus estabeleceu primeiramente apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois os que realizam milagres, os que têm dons de curar, os que têm dom de prestar ajuda, os que têm dons de administração e os que falam diversas línguas. São todos apóstolos? São todos profetas? São todos mestres? Têm todos dons de curar? Falam todos em línguas? Todos interpretam? / Entretanto, busquem com dedicação os melhores dons. Passo agora a mostrar-lhes um caminho ainda mais excelente." (1ª Coríntios 12:27-31, NVI, SBI).
"Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor." (1ª Coríntios 13:13, VRA, SBB).

J.C. Ryle
John Charles Ryle.
(1816-1900)
J.C. Ryle nasceu em Macclesfield, uma pequena cidade britânica no condado de Cheshire, na Inglaterra. Macclesfield é conhecida por ser um lugar onde nasceram ou moraram pessoas ilustres do círculo da música.

John Charles Ryle recebeu sua educação em Eton e em Christ Church, Oxford. Seu pai era um rico comerciante e banqueiro que o encaminhou para a carreira política. Ryle era um excelente atleta, remava e jogava Cricket pela Universidade de Oxford. Alcançou ótimo nível intelectual em História, Filosofia Greco-Romana antiga e moderna, inclusive, foi oferecido para ele uma posição de ensino, porém declinou.

Foi despertado espiritualmente no ano de 1838 enquanto ouvia a leitura de Efésios 2 em uma capela de Oxford.

Ele concluiu os estudos e pretendia seguir carreira nos negócios da família, no entanto, em 1841 o banco de seu pai faliu, deixando os Ryle em estado de pobreza e miséria. Durante essa fase, ele foi ordenado ao ministério pelo Bispo Summer em Winchester.

Igreja Anglicana
Interior de uma igreja Anglicana.
Depois de sustentar um pastorado em Exbury, Hampshire, ele foi empossado como Reitor (Pastor Presidente) da igreja de São Thomas, Winchester (1843), Reitor da igreja de Helmingham, Suffolk (1844), Vigário da igreja de Stradbroke (1861), Cânon Honorário da igreja de Norwich (1872) e Deão da igreja de Salisbury (1880).

Antes de ocupar o ofício de Deão, ele foi avançado para a nova Sé de Liverpool mediante recomendação do primeiro-ministro Benjamin Disraeli. Assim, no ano de 1880 com 64 anos de idade, ele foi empossado primeiro bispo da recém criada diocese da Igreja da Inglaterra em Liverpool.

John Charles Ryle
John Charles Ryle.
(1816-1900)
Mesmo vivendo em um contexto político-religioso difícil e pertencendo a uma Igreja Estatal, J.C. Ryle exerceu um ministério muito vigoroso, pastoreando com fidelidade e dedicação. Durante o seu pastorado, foram construídos quarenta locais de reunião (igrejas), bem como construiu diversas capelas e escolas.

Sua preocupação era o estabelecimento de igrejas fortes e bem nutridas através da Palavra de Deus. Sempre pregou o evangelho puro e salvífico, nunca ministrou coceiras aos ouvintes (2 Timóteo 4:3), permaneceu fiel ao evangelho.

J.C. Ryle mesclou sua presença comandante e defensiva com a graciosidade e calor humano nas suas relações pessoais. Muitos trabalhadores e trabalhadoras foram alcançados por suas pregações e começaram a viver nos moldes do Evangelho.

J.C. Ryle
Jazigo de John Charles Ryle.
Foi um apologista da Igreja da Inglaterra e através dos seus tratados e livretos combatia o discurso do Anglo-Catolicismo. Seus muitos escritos o transformaram em um dos líderes da chamada "Baixa Igreja" da Inglaterra. Além dos tratados, Ryle sempre manifestou preocupações com o entendimento das pessoas, por isso escreveu amplo material compreendendo as doutrinas cristãs evangélicas, bem como escreveu diversos livros de conteúdo prático. Também escreveu sobre "Santidade" e fez "Comentários aos Evangelhos".

Em 1899, resolveu demitir-se do bispado, falecendo com 83 anos no mês de junho do ano 1900.

J.C. Ryle, no período que viveu, foi considerado um homem famoso, notável e amável, considerado como um campeão e expoente da fé evangélica reformada.

David Martyn Lloyd-Jones
David Martyn Lloyd-Jones.
(1899-1981)
As características do método do Bispo Ryle e estilo são óbvios. Ele é preeminente e suas exposições são bíblicas. Ele nunca começa com uma teoria na qual ele tenha que encaixar vários textos sagrados, pelo contrário ele sempre começa com a Palavra. Suas exposições são elevadas, claras e lógicas. Ele tem espírito forte e está livre de sentimentalismos que muitas vezes são descritos como "devocional". David Martyn Lloyd-Jones.

Bispo Ryle foi enriquecido com a Vida proveniente dos escritos dos grandes clássicos puritanos do século XVII. Seus escritos são uma destilação da teologia puritana apresentada de maneira legível e moderna.

Charles Spurgeon
Charles Spurgeon.
(1834-1892)
Certa vez, Charles Spurgeon teceu o seguinte comentário sobre o Bispo Ryle: "Ele é o melhor homem da Igreja da Inglaterra".

J.C. Ryle foi uma voz solitária clamando no deserto do conflito da Religião Estatal com o Anglo-Catolicismo.

Para muitos a Bíblia deixou de ser autoridade suprema e, consequentemente homens que apregoam a Autoridade da Palavra deixam de ser cativantes. Pregadores que focalizam o evangelho salvífico não arrastam multidões, porque não satisfazem a coceira dos ouvintes (2 Timóteo 4:3). Certamente que os crentes desejosos do evangelho salvífico serão grandemente beneficiados pelos escritos de J.C. Ryle.


SUAS PALAVRAS:

John Charles Ryle
Memorial de John Charles Ryle.
Nem toda a força de Satanás pode lançar fora da verdadeira igreja de Cristo um crente sequer.
O conhecimento da Bíblia nunca vem por intuição.
Seus pecados não são perdoados por aquilo que você é ou espera ser nem por causa de qualquer coisa que você fez ou sofreu; você está perdoado por causa do nome de Cristo e todos os santos de Deus podem dizer o mesmo.
Quão pouco nos contam da palavra de Deus acerca dos não convertidos comparado com o quanto nos contam sobre os convertidos crentes.
É fato que muitas pessoas não pensem sobre quanto custa ser um verdadeiro cristão e um crente santo.


FONTE:

Wikipédia, a enciclopédia livre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário